terça-feira, 26 de junho de 2007

Só uma 'piquena' pergunta...

«Berardo está em todo o lado. Digam-me: é ele que é grande ou o país é que é pequeno?». A afirmação, seguida da pergunta, é de João M. Tavares ao Diário de Notícias de hoje . Eu, por cá, acho que ele está em todo o lado porque é 'giro', fala muito bem e veste sempre preto. E vocês, caríssimos Pinguins, em que hipótese votam?

3 comentários:

filinto disse...

O Zé emigrou. Teve vida dura. E não precisa para nada dos medíocres com quem negoceia - seja o Ministério da Cultura acabrunhado, seja um megaclube em curva descendente ou um banco com pruridos religiosos e de élite.
Mas gosto do estilo dele.

GRaNel disse...

Ele é efectivamente grande de mais para o país. Mas se o é nas coisas boas tambem o é nas más. Arrogância, novo-riquismo, prepotência para não enumerar mais, acentam-lhe como uma luva.

Rui Vieira disse...

Cá por mim, acho que ele fala mal, tem uma dicção e uma forma de expressão de fugir, embora concorde que veste de preto.
Soube aliar a sua fortuna à compra de valiosos objectos de arte, embora isso não faça dele um mecenas.
Tem méritos, seguramente!
É um modelo para a sociedade? Isso, duvido.
Já agora, porquê tanta insistência em o tratar por Comendador?
Vamos ver surgir "self-made man" com comendas atribuidas sabe-se lá a troco de quê?
Como dizia o Eça: "Foge Cão, que ainda te fazem barão!"