domingo, 17 de junho de 2007

Isto não é monopólio...

Entram a 5€ no mercado e rapidamente caiem para baixo de metade desse valor. Alguém que já nos habituou a manobras de bolsa típicas dos anos especulativos oferece 3,50 € (70% do valor nominal portanto) numa OPA. Cria-se alarido suficiente para passar uma onda de que alguém quer dominar o Benfica. O “mercado” reage e meia dúzia de tolinhos desata a comprar acções fazendo-as chegar aos 4,15€ (85 cêntimos aquém do valor nominal). Pelo meio, o presidente desta sociedade congratula-se por haver interesse nas acções e fala em boa gestão (ver preço da OPA e acrescentar a desvalorização superior a 50%). Com tal irresponsabilidade rapidamente baterão novos recordes… mas negativos.

3 comentários:

jorge c. disse...

Adoro ver-te dorido por causa do Benfica.

http://tertuliabenfiquista.blogspot.com/2007/06/azia-de-um-birbante-de-vilssima-rel.html

Rui Spranger disse...

Está visto que Portugal é um país perdido. Há quem queira comprar o Benfica!
Onde é que isto vai parar?

GRaNel disse...

Sabia que irias reagir assim. O que Berardo está a fazer só resolve a solução no imediato. E hipoteca qulaquer reacção futura. A menos que realmente compre as acções (o que para já parece pouco provavel). As empresas cotadas em bolsa precisam de credibilidade. E para isso têm de estar no mercado de forma continuada e honesta. Este tipo de operações meramente especulativas é mal vista entre investidores.

Tambem eu repudio o senhor Oliveira mas com jogadas deste tipo arriscam-se a estar a fazer exactamente o jogo dele. Veremos como reage o mercado agora que sabe que a OPA é um embuste.