quinta-feira, 14 de junho de 2007

Next...

Eu sei que hoje o dia foi rico a nível de post's aqui no blog, também sei que ainda faltam bastantes dias para terça-feira, sei ainda que não estarei, nos próximos dias em contacto com Novas Tecnologias da Comunicação (net incluída), e, portanto, sei que não levarão a mal o carácter prematuro deste post. Pelo menos espero.

Não é um livro, nem um CD, nem um filme, nem um desporto, nem um passatempo...é, literalmente, a paixão da minha vida. Uma paixão que já virou amor. É que afinal de contas...já tive tempo suficiente para perceber que não é, de todo, perfeito. Já passou a fase em que achava que não tinha defeitos. Já passamos também a situação de 'dar um tempo'. Tipo: 'deixa lá ver se vou sentir saudades tuas'. E sentimos. Por isso resolvemos voltar a 'andar'. E digo, sem qualquer margem para dúvidas, que não me imagino de outra forma. Podem-me dizer: 'olha que a vida dá muitas voltas...não sabes o dia de amanhã'. Não digo o contrário. Mas depois logo se vê. Nesta altura está mais para o casamento 'forever' do que para outra coisa. E sei, acima de tudo, que a manutenção da relação está, em grande parte, nas minhas mãos.

Quem? Como? Quando? Onde e Porquê?

Se assim o entenderem apareçam e venham conhece-lo (isto parece um apelo à ala femina. Ok...é um bocadinho. Mas só um bocadinho. Os meninos também estão convidados lol). Acho que vão gostar.

Já agora...sabem o que é um 'nariz de cera'?

Beijinhos e até lá.

9 comentários:

GRaNel disse...

Dass... vamos ter de te ouvir a falar do telemovel???

GRaNel disse...

Ou vais falar sobre jornalismo?

No que toca às perguntas que colocas estão todos respondidas no cabeçalho da noticia. Ao contrário do que se fazia antigamente com o chamado "nariz de cera"...

Marta Araújo disse...

Obviamente que é sobre a minha relação com o telemóvel que vou falar na próxima sessão. Achas que me ia arriscar falar sobre jornalismo no Clube? Não saía dessa noite viva de certeza lol.

jorge c. disse...

Ainda não sei se vou conseguir aparecer, já que estou nas férias do descanso. Mas vou tentar.

filinto disse...

what da fuck!?

upsss! disse...

"Nos primórdios do jornalismo impresso, as notícias eram redigidas de forma rebuscada, com uma abertura sempre extensa e pouco objetiva. A este preâmbulo dá-se o nome de nariz de cera. O surgimento de técnicas modernas de redação e a conseqüente adoção do formato de pirâmide invertida - no qual os principais elementos são apresentados na introdução da matéria, o chamado lead, que reúne resposta às questões básicas (o que, quem, quando, onde, por que e como) - aposentaram de vez o nariz de cera no jornalismo profissional."

GRaNel disse...

Uma busca no google faz milagres. Pena que venha em brasileiro caro upsss!

Já foi alvo de discussão no covil a abundância de textos em brasileiro na net. Se para uns são uma fonte importante e de fácil acesso, para mim são o destruir de uma lingua centenária e que já dominou meio mundo (e o outro era dos Espanhois - que falta de gosto). É pena...

upsss! disse...

Não compreendo a relevância do reparo,excepto se para enaltecer a gradeza do conhecimento próprio -afinal reconheçe um texto em português do brasil, quando vê um ou fazer um apelo à utilização do Google - enfim!!!.

Quanto ao facto do texto estar em Português do Brasil...não compreendo a indignação, quantos postadores escrevem ou deixam referencias em Inglês?

Lamento não vejo sentido útil no reparo...se calhar não é suposto ter...

fil disse...

what da fuck é martaraujês, não é inglês.
outro reparo: cuidado com os erros ortográficos e as gralhas.