domingo, 11 de março de 2007

11 de Março



Não há muito a dizer, apenas recordar que passaram três anos do atentado. A foto é de uma uma escultura dedicada à memória das vítimas do terrorismo, que está em Ávila, o gajo à esquerda não conheço, era apenas para dar perspectiva.

4 comentários:

jorge c. disse...

Estes monumentos estão lá com o objectivo de nos lembrar que a tolerância e a liberdade são limitadas.
A memória é o exercício do cérebro que mais ajuda à consciência. O problema é que há muita gente não gosta muito de fazer exercício e acumula banha no cérebro! São uns porcos!

GRaNel disse...

É mais um daqueles dias para esquecer (ou não) em que tudo correu mal e em que mais uma vez o ocidente foi vitima da sua intolerância perante culturas diferentes.

Como diz o Jorge, a tolerância e a liberdade são limitadas mas... e acima de tudo, essenciais.

filinto disse...

Imagino que a escultura retrate esta situação inqualificável, mas não tenho a certeza. No local, gostei que a vítima fosse muito maior, para ter a dignidade que merece. Gostei tb de ver as crianças a brincar com a estátua.

Não quero fazer polémica com isto, apenas deixar uma nuance ao que escreves Granel,
o ocidente também foi vítima da sua tolerância.

GRaNel disse...

O que eu quero dizer passa tambem por aí Filinto. É minha opinião que a nossa tolerância imposta aos povos orientais e árabes faz-lhes impressão e é tida como uma intromissão nas suas gerências. Ou seja, temos de compreender que eles são diferentes e não lhes podemos impôr regras de conduta.