quarta-feira, 16 de maio de 2007

Pinguim Arena

Quando não se sabe por onde começar, o melhor é começar pelo fim.
O cansaço subia as, agora, longas escadas de madeira. O suor e o sangue escorriam pela tijoleira suja e gasta. O anfitrião, de sorriso malévolo, observava cada jogador que, sem forças, se arrastava para fora da arena. Uns sentados com os cotovelos sobre os joelhos deixavam a cabeça cair. Outros encostados, tentavam recuperar o fôlego.
Depois de tudo isso... o silêncio! Apenas um silêncio profundo, cheio de um ruído infernal, ficou!


Mentira!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Foi uma grande festa cheia de cor e alegria!
Nesta última 3ª Feira a sessão foi do Águia, do grande Águia, que com o seu verdadeiro entusiasmo levou uma máquina de entretenimento, uma caixa de diversões e emoções, em forma de paixão! Esta pequena caixa fez homens feitos, de barba rija, trincarem os lábios na disputa de uma bola virtual. Fê-los gesticular como loucos na tentativa de um Jab ou na urgência de recuperar o jogo.
Sem ridicularizar, sem disputar com agressividade absolutamente nada, a noite foi de alegria e de grande relaxe (excepto para os meus bracinhos), e era mesmo esta a ideia do apresentador. Tivemos um aleijado a tentar jogar boxe, dois anti-americanos a triunfar no bowling, uma jornaleira armada em Martina, enfim, uma maluquice!

A máquina é da Nintendo. Wii é uma consola que funciona através dos gestos dos braços e que pode tornar um serão caseiro numa paródia pegada! Faz-nos parecer novamente crianças! E não é tão bom?

Um agradecimento especial ao Nuno (o irmão do Águia), porque se não tivesse sido ele a comprar a máquina, nada feito!

9 comentários:

Marta Araújo disse...

Muito, muito, muito, mas mesmo muito bom!! Viva ao Clube, à diversidade e, acima de tudo à diversão!! Eu arrisco em dizer que fiquei «apaixonada» pela máquina e acho mesmo que a vou pedir em casamento lloll

Obrigada Águia por me mostrares algo que não conhecia mas, e acima de tudo, por me (nos) teres proporcionado momentos verdadeiramente apoteóticos. Foi a verdadeira da «ramboia» e da palhaçada (no bom sentido), na qual a gargalhada foi rainha.

Ritinha...meu querido...já tínhamos saudades de ler posts teus aqui :D. Está impecável o post. Muito Bom. E estás a ver? Afinal sempre andaste à verdadeira da "purrrrada" com o Fil llooll

Parabéns aos dois (aos três..afinal o Nuno, e como o Jorge salienta no post, foi preponderante nesta descoberta)!

GRaNel disse...

Já aqui o disse várias vezes, a diversidade é rainha no Clube dos Pinguins. A prova-lo está a sessão de ontem. Muito boa, muito boa mesmo. Quem diria que meia duzia de moçoilos já criados conseguiam fazer tanta figura ridicula em tão curto espaço de tempo. E eu, um aleijado de fazer inveja à equipa de rugby nacional (fica sempre bem escrever em Inglês e juntar o nacional), a tentar enfiar uns sopapos no people (este gajo fala bem Inglês)... Foi tudo isto que o Águia nos proporcionou (já me ia esquecendo da aula de body-combat do Spranger e do Jorge) e muito mais. Receita: juntar um grupo de amigos e uma wii.

Para os que não foram, duas palavras, BEM FEITO. Terão de se contentar com o post do Jorginho. Vá lá que o rapaz se esmerou e a "fotografia" é fiel.

Parabéns aos dois e uma menção ao Nuno.

Hugo Valter Moutinho disse...

Grande sessão! Quando cheguei (tarde e a más horas) depáro-me com um cenário surreal: o Granel e o Spranger ao soco um contra o outro (bem, mais ou menos, porque o Granel fugia mais do que acertava...)! Tive que esperar este tempo todo para ver tal coisa.
Depois apercebi-me da cara de putos com que todos os pinguins assistiam à cena. "Hmmm, pensei eu, isto está a ser divertido", mais tarde passaram-me o comando para a mão e percebi tudo...
Jorge, obrigada pelo teu post, por seres tão fiel à sessão (e obrigada pelas partidas de Bowling, ao menos fizeste-me sorrir).
Águia, muito obrigado pela sessão, depois de um dia de trabalho estafante, ainda me conseguiste por aos pulos na sala (se bem que às custas do meu braço...)
Parabéns a voçes todos.

Aguia disse...

Parabéns pelo post Jorge.... adorei.

Bem essa imagem inicial relativa ao Fight Club está muito boa... cave, suor sangue, chao húmido com os reflexos dos jogadores encostados ao canto, a imagem do olhar do apresentador e por fim as escadas.... deixa qualquer um com o olhar bem aberto ao que irá surgir na parte seguinte do post.

E enfim a sessão adorei a forma como a retratas-te com os sons as imagens e a cor.

Sim caros amigos foi esta a sessão porrrrrradinha da velha, marmanjos armados em tenistas, profissionais de bowling sem sapatos ridículos, jogadores de baseball sem saberem as regras e tentativas de se ser um próximo Tiger Woods.... foi esta a sessão dominada pelas gargalhadas e figurinhas estranhas enquanto se segurava uns comandos estranhos... e tal com o Jorge disse “...um serão caseiro numa paródia pegada! Faz-nos parecer novamente crianças! E não é tão bom? ”

Uma vénia ao meu irmão por ter comprado a WII e uma forte vénia aos membros por terem cedido sempre a sua vez de jogar com uma forte dose de cordialidade

abraço a todos

Rui Spranger disse...

Como já sabem escrevo sem alguns acentos, apesar de continuar a precisar de um assento, pois continuo todo partido, especialmente bracos e costas. Confesso que me senti um puto ontem e continuei a sentir-me hoje. Nao parei de falar no jogo e compreendo bem a cara de espanto do encenador do meu espectaculo ao ver-me chegar tao entusiasmado e a falar de uma coisa completamente fora do contexto de trabalho. Ainda pensei que ele me fosse dizer "Quando é que cresces?", mas nao, limitou-se a rir e a dizer "Pois é, fazer de conta dá sempre muito mais trabalho e cansa muitissimo mais do que a sério".
Parabéns Aguia!
Quanto ao post recuso-me a comentar. Nao pelo facto do Jorge já nao comentar nem postar posts de "nao-sessao", mas pelo facto de me ter dado um valente enxerto de porrada no boxe.
Nao só escreve bem, mas também bate bem (quer dizer, nem sempre!).
Enfim, so me apetece insultá-lo!

Cláudia N. disse...

Pelo post e pelos comentários o Águia fez com que andassem à porrada uns com os outros...deve ter sido muito fixe. O jogo já conheço porque os meus primos pequenos tem um, e é bem divertido.
O post está divertidissimo, parabéns ao Jorge pelo seu já tão caracteristico sentido de humor, e parabéns ao Águia por ter posto a malta toda a mexer-se, e mais uma vez lamento não ter ido.

Gemma disse...

Saí para comprar uma Wii. Volto daqui a 10 anos.

Já há muito que tinha o desejo de conhecer a consola, mas por uma razão ou outra, nunca tive a oportunidade de a experimentar. Por isso, e pela iniciativa em si, dou os meus Parabéns ao Aguia pela paixão que partilhou.

E obrigado ao Jorge pela nuance de Fight Club que descreveu no inicio do post.

Bem haja.

filinto disse...

Quem é este Jorge C.? Não é "o" Jorge pois não? Entre Deus e o Diabo ele veio postar ao limbo ;-)

o post mostra muito bem o que se passou e portanto reitero aqui o agradecimento de fiz offline ao águia. o complexo de peter pan revelou-se a quem ainda não o conhecia - o que não é obviamente o meu caso.

não vou esquecer facilmente - além do que o Jorge citou - ver um maneta a jogar beisebol, um pacifista a socar como se não houvesse amanhã, eu próprio andar à porrada com o Jorge (repararam como ele escreve na terceira pessoa, "eles"?), ver de repente a marta a saltar como se estivesse num court... irreal.

Claro que depois durmo pouco, pois.

Um saravá também para o Nuno e para os pinguins que não conhecia e que apareceram na sessão.

rodrigues76 disse...

wiiiiii...