domingo, 27 de maio de 2007

como há vinte anos...




Há vinte anos atrás, o F. C. do Porto levantava a sua primeira Taça da Liga dos Campeões (Taça dos Campeões Europeus na altura). Hoje, vinte anos passados há jogo outra vez. Como no passado, torço fervorosamente pelos azuis...

4 comentários:

jorge c. disse...

Então isso não é História?????
Pois, que estúp+ido, o Benfica é que vive da História, o F.C.P. não porque é o «maior»! Não é Macaco?

Acho triste qualquer equipa (volto a repetir QUALQUER EQUIPA) marcar um jogo para o dia da Final da Taça de Portugal e acho deprimente utilizar uma Taça ganha há vinte anos como pretexto! Nada a que já não nos tenham habituado.
Isto é, acima de tudo, falta de respeito e educação!

GRaNel disse...

Há certamente coisas que escapam aos leigos em futebol. Final de época. Diz-te alguma coisa? Pois bem, o Porto usou o último dia da época para festeja a conquista de Viena, a conquista do campeonato (por muito que vos custe), a subida do Leixões e prestar uma justa homenagem a Vitor Baía. O jogo começou bem depois da final da Taça (começaria sempre, mesmo com prolongamento e penalties) e portanto não vejo qual o problema de promover um jogo como este. De qualquer maneira, só se junta à festa quem quer...

jorge c. disse...

A mim não me custa nada! Não festejo por cima para me evidenciar! Acho uma terrível falta de respeito. Além de achar provocação típica de arruaceiro!

Quanto às conquistas, meu caro, se é os parabéns que queres, toma! Mas nunca precisei de os vir pedir em público para nada. Quanto mais por uma Taça que o meu clube ganhou em 62. Estava tramado. Até porque pelas minhas contas o Benfica comemora todos os anos aniversários de qualquer coisa. Mas pronto, isso para o Benfica é viver da história. Os outros já podem à vontade. Quando é que vocês ganharam da última vez? 2004? Não se esqueçam de comemorar os 5 anos em 2009. Pode ser que calhe no dia de um jogo da Selecção e assim têm mais motivos para fazer birrinhas!

fil disse...

Concordo com o Granel, deveria haver mais jogos assim "amigáveis" no final da época, para a gente poder levar as crianças a grandes concentrações de povo. E um vencedor da primeira contra vencedor da segunda com bilhetes a dez euros (oubi dzer) é sempre bom. Não é como se jogassem ambos na mesma cidade. Há tb benefícios para o negócio futebol, mas isso não me interessa nada. Faz de conta que é o jogo da celebração do Senhor de Matosinhos.

Noutro jogo grande, o Benfica jogou com o AEK e o ruizinho marcou um golaço e celebrou como só ele. É grande.