terça-feira, 28 de março de 2006

Os dotes culinários de Berlusconi

Desculpem-me lá a enxurrada que aí vem, mas depois de uma semana calminha aqui no blog, hoje sinto-me uma destilaria de veneno e se não o processo rapidamente a minha saúde mental corre graves riscos...

"O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, cuja reeleição é disputada por uma coligação de centro-esquerda que inclui uma ala radical, afirmou ontem que os comunistas costumavam “cozer bebés”
“Fui acusado muitas vezes de dizer que os comunistas comiam criancinhas”, afirmou, acrescentando que os maoístas chineses não comiam crianças, mas coziam-nas e “transformavam-nas em fertilizante”."
in Correio da Manhã

Ainda bem que Itália é um país de primeiro mundo com gente na classe artística como Nanni Moretti, que estreou na ultima sexta o seu novo filme "Il Caimano" onde não receia expor e criticar os meandros da sociedade (e politica) italianas. Polémico como sempre e ainda bem...

3 comentários:

Rui Vieira disse...

Itália é bem diferente de Portugal. Afinal de contas aqui são os socialistas que comem as criancinhas (hehe... maldade!)

Mas, Tó... ainda vale a pena prestar atenção às barbaridades do Berlusconi?

Jorge Carvalho disse...

Acrescento amigo Vieira que, mais vale comunistas que socialistas! É que os comunistas pelo menos têm história!

Mas nós temos algo parecido aqui em Portugal, não é tio Alberto João?

Como diz o garnde Chico «por esse pão para comer, por esse chão para dormir, a certidão para nascer e a concessão para sorrir, por me deixar respirar, por me deixar existir Deus lhe pague!»

Hugo Valter Moutinho disse...

Em Portugal, não são só os socialistas que comem criancinhas, os apresentadores de televisão também (e ainda por cima do Benfica...). Ah! Ah! Ah! (Ok! Chega de maldades...)
É certo que Italia é diferente de Portugal, mas isso não implica que não estejamos atentos. E bestas como o Berlusconi há por todo o lado e, sim, é verdade, as coisas que eles dizem entram a dez e saiem a cem, mas isso não implica deixar de estar com um pé atrás, não vão eles tentar dar um passo em frente....