quinta-feira, 9 de novembro de 2006

«Dream my love, dream.
I'll hold you in my strings, blow you the cleanest winds for you to fly.
Ding dong, time's a song, i'll sing you all along...
A shelter of glass in the clouds, a Matisse instead of a ground.

You've seen it now, my love: World War is in the heart.
All angels from above fell on the wrong star.
Dream on, little one, we'll rent a flat next to the sun.

All for the night, the night will never care, growing in the underwear. All for the days, the days will call your name, thru the magic rain. I'll send you stars to warm your clouded heart, i'll chase away the pain. I'll kill the night, the night will never die, but i'll try just the same.

God will not pay the rent - people are not that kind -
We'll share a little tent , one smile and a double bike.
Ring, ring, urgent dream:
some man are cracking in!

All for the night, the night will never care, growing in the underwear. All for the days, the days will call your name, thru the magic rain. I'll send you stars to warm your clouded heart, i'll chase away the pain. I'll kill the night, the night will never die, but i'll try just the same.

Light up the universe for you to dance and play!»


Próxima Terça-Feira, 22h30

6 comentários:

Cláudia N. disse...

Depois de horas, e horas de pesquisa, cheguei à conclusão de que esse texto não existe...pelo menos no Google.
Cheira-me que foi escrito por ti.
Se eu estiver certa pagas-me um
chocolate quente com natas e canela e eu digo a toda a gente que gostei do poema.
Nem o Tony Carreira fazia melhor.

GRaNel disse...

Faço minhas as palavras da Cláudia. Também eu andei à procura mas... nada. Resta-me esperar pela próxima terça e ver de que se trata afinal. Qual será a Paixão?...

Gemma disse...

hehe, começas bem, muito secretismo para aguçar a curiosidade :) vamos ver do que nos queres falar.

hörster disse...

Faz-me lembrar INXS...

Anónimo disse...

Cá para mim, isto não passa de uma tentativa manhosa de procurar limpar o rabo sem ter papel higiénico. A merda acaba sempre por ficar entranhada na mão. E é um cheirete a cócó que não te digo nem te conto!
"Olá, eu sou o Woody, todos para fora da cama!"

JPP disse...

Boa Noite.
Aquilo que vou dizer foi devidamente confirmado por mim e posso prová-lo.
Isso de andar a plagiar os outros é muito feio. Já há algum tempo tenho constatado que andas a copiar indecentemente muito daquilo que vou escrevendo. Acho que tens que ganhar juízo e deixar-te de tretas do caralho! Ponto final. Espero não ter que me chatear.
Citando um filósofo francês de meados do seculo XX, "Não é por usar óculos que se deixa de ser burro".
Cumprimentos man,
JPP