quarta-feira, 10 de maio de 2006

Calvin & Hobbes-A Paixão


Foi uma surpresa esta paixão do Granel. Normalmente este tipo de paixões são caracteristicas das pessoas que se envolvem consigo próprias e as suas dúvidas,algo que não me ocorre que o Granel suscite à primeira impressão mas como as primeiras impressões são de uma maneira geral erradas dou a mão à palmatória e apresento-vos o novo Granel que tenho vindo a conhecer nos ultimos tempos:
Uma pessoa que pensa,o que de si já é raro nos dias que correm,e pensa com inteligência,algo ainda mais raro, peço desculpa por só agora se ter feito luz no meu horizonte mas por vezes é preciso esperar para se avaliar melhor,um indivíduo disponível para os outros e com capacidade de escuta,não tão bom a contar anedotas mas não se pode ter tudo,capaz de alguma mobilização o que manifestamente importa ao clube dos pinguins e com imenso domínio ao nível da construção informatizada dos assuntos,trouxe ao convívio dos amigos do clube,eu já não comparecia há muitas sessões,um criador de imagens únicas e preciosas sobre aquilo a que chamamos vida: Pai; Mãe; sociedade.
Não estranhei o prazer de conhecer e rever algumas tiradas de mestre do nosso pequeno herói e seus alter-egos pois remete-nos à infância e aquelas performances que tanto gozo nos dava ver refletidas nos olhares dos adultos incrédulos por vezes, fascinados por outras mas sempre sem resposta,que bom lembrar-mo-nos de ser crianças de vez em quando!Não tenho agora dúvida alguma de que a paixão do Granel é um elemento superior da comtemplação amorfa da existência,não é suficiente rir é preciso pensar e isso,repito,o Granel sabe fazer.E ainda por cima os personagem das histórias são reais,existem conforme são apresentadas por Bill Watterson(o criador) e isso é o que mais arrepia se imaginassemos que ninguém tivesse coragem de os animar e assim torná-los públicos e dessa maneira confrontar as ideias gastas acerca de tudo e que já cansam e francamente já não divertem as pessoas que se atrevem a pensar um bocadinho que seja.
Assim sendo o clube dos pinguins foi uma vez mais espaço de liberdade e evasão e foi óptimo ocupá-lo de novo.

P.S.-Podem consultar as tiras do Calvin & Hobbes na net via jornal público ou via Granel em formato analógico.

6 comentários:

rodrigues76 disse...

Calvin - Porque teria o Homem sido posto na terra? Com que objectivo? Porque estamos aqui?
Hobbes - Comida para tigres.

Deixem-me confessar duas paixões minhas tb, Calvin e Mafalda (em dimensões diferentes...), continuo a achar fabuloso "brincar" com o dia a dia e encontrar o lado divertido desta loucura...

Quadrado.14 disse...

Uma excelente sessão! Entre a realidade juvenil e a responsabilidade adulta, o Granel fez-me ver Calvin e Hobbes mais proximo do meu gosto do que imaginava.

Cordiais Cumprimentos Caro Granel (ou CCCG!) pela paixão partilhada!

Rui Vieira disse...

Mais uma daquelas sessões (e habituo-me a dizer isto em cada post) que lamento ter perdido. Calculo que ontem tenham passado em claro as farpas, ou não fosse o Calvin digno de uma personagem das originais "Farpas".
Vitor, parabéns pelo post. Análise à sessão e ao autor... bem pensado.
Granel, boa escolha, mas confessa lá... tu até gostas mais do Zé Carioca, não?

ana_magalhaes disse...

Esta BD é simplesmente fantástica.
Calvin é, sem dúvida, uma personagem divertida que juntamente com o seu companheiro, Hobbes, e as suas historias mirabolantes fazem as delicias de muitos leitores.
Muito bem escolhido Granel.

ana_magalhaes disse...

Esta BD é simplesmente fantástica.
Calvin é, sem dúvida, uma personagem divertida que juntamente com o seu companheiro, Hobbes, e as suas historias mirabolantes fazem as delicias de muitos leitores.
Muito bem escolhido Granel.

Hugo Valter Moutinho disse...

Porquê??? Porquê??? Assim não dá... Guardam sempre as melhores quando eu não posso aparecer... Porquê???