sexta-feira, 19 de maio de 2006

Belle and Sebastian

(Eu queria pedir desculpas por fazer este post tão tarde, mas eu tinha avisado em relação à minha disponibilidade para o mesmo... Espero que compreendam.)

Na sessão da passada Terça-feira a Luísa trouxe-nos a música de uma banda escocesa cujo nome foi inspirado numa série de desenhos animados dos anos 70, que todos nós nos lembramos bem.
A sessão foi histórica porque pela primeira vez quebrou-se, finalmente, o gelo masculino do clube de que eram sempre mais homens do que mulheres, sendo uma sessão com 5 para cada lado, alegres e participativos.
Findas as tradicionais farpas, a Luísa tomou o controle da sessão, com o Granel como assistente técnico, e começa por nos apresentar os "Belle and Sebastian".
Os "Belle and Sebastian" nascem em Janeiro de 1996, num café de Glasgow, quando Stuart Murdoch decide criar uma banda para o seu projecto final de curso. Nessa mesma noite e nesse mesmo café criou-se a banda. Estreiam-se nesse mesmo ano (em Junho) com o albúm "Tigermilk", do qual só foram editadas mil cópias em vinil. Mais tarde, em 1999, reeditou-se e remasterizou-se para os diferentes formatos (Vinil, CD e Cassete). Em Novembro do mesmo ano (1996) editam "If You're Feeling Sinister". Depois em 1998 aparece "The Boy With The Arab Strap" e até hoje editaram mais 6 albúns: "Fold Your Hands Child, You Walk Like A Peasant"(2000), "Storytelling"(2002), "Dear Catastrophe Waitress"(2003), "Push Barman To Open Old Wounds"(2005) que reúne todos os EP's editados até à data, "If You're Feeling Sinister: Live At The Barbican"(2005) e o último "The Life Pursuit" editado em Fevereiro deste ano.
A sessão foi sempre acompanhada com várias músicas e com muita, muita, muita paixão da Luísa (sempre com um brilhosinho nos olhos). A sua paixão e desconcentração na apresentação levou a que, no final, alguns mais audazes, menos tímidos e menos cansados dessem um pézinho de dança ao som desta banda, já que "eles têm um som alegre e dançável".
E foi com esta descontracção, um sorriso no canto da boca e uma enorme leveza de espírito que os Pinguins sairam desta sessão, deixando uma Luísa de olhar radiante e um sorriso enorme por ter cumprido na perfeição a sua tarefa.

Para mais informações sobre os "Belle and Sebestian" podem visitar o site oficial da banda ou ao site da Jeepster.

5 comentários:

Jorge Carvalho disse...

Foi com muita pena que não pude ir na passada 3ª feira. Além de ser uma banda de que gosto bastante era a primeira sessão de um dos membros, mas a doença abateu-se sobre a minha pessoa e portantos que foi impossivel, não é? Pois sim!

Queria dar os parabéns à Luísa pela sessão e ao Valter pelo post. Fico contente também por saber que esteve mais gente. Bem dissémos que era só uma fase, agora há que continuar assim.

Rui Vieira disse...

Quando a semana passada comentava o post com a imagem de Belle & Sebastien, estava longe de supor que o tema da sessão fosse a própria banda. Parabéns à Luísa pela escolha e ao Hugo pelo post.

P.S. Para dar um cheirinho da sessão deixei o tema " Another sunny day" a rodar. Desculpem se a escolha não for a mais emblemática, mas foi a unica possivel de momento.

Rui Spranger disse...

Muitos parabéns Hugo pelo post. A sessão foi optima e devo acrescentar que acho que foi a primeira vez que tivemos alguém a apresentar uma paixão e que faz parte oficialmente do clube de fãs da sua paixão, neste caso do Clube de fãs dos Belle and Sebastien. E com que orgulho ela disse que são os oitavos mais chatos do mundo!!!!
Em todo o caso, ao contrário do que disse o Granel, esta classificação não se deve à Luisa.

GRaNel disse...

Bem, parece que tiraram todos o fim de semana para me atacar. E eu não disse que a Luisa era chata... parece-me que usei o termo irritante lol.

À parte disso, devo dizer que foi uma sessão excelente (com o meu apoio técnico pelos vistos, mas sem esquecer o Pedro que também esteve nos pratos). Bastante informal como se queria e espontanea quanto baste. A Luisa mostrou-nos uma das suas paixões (que tb já era minha, devo confessar) da única forma que o sabe fazer... apaixonada e arrebatadoramente.

Por último, os meus parabens aos dois, à Luisa pela sua paixão e pela apresentação e ao Valter por mais este resumo de sessão com que nos brindou. E para os técnicos de som também (já me esquecia deles... desculpem lá rapazes)

Grande abraço e encontra-mo-nos todos na próxima terça.

Vitor Elyseu disse...

ver a luisa apresentar esta sessão,ainda que a meio pois cheguei perto do final,encheu-me de nostalgia não porque conhecesse a banda em questão mas pela alegria que ela depositou no seu empreendimento,dançou,cantou e saltou ainda com tempo para explicar as razões da sua paixão os belle & sebastian que curiosamente me fizeram lembrar os velvet underground e também os the smiths ,os primeiros pela excelência das suas composições e os segundos pela juventude reencontrada nas musicas que amavelmente a luisa exibiu