sábado, 11 de fevereiro de 2006

Nouvelle Vague do Século XXI

Em meados de 2004, Oliver Libeaux e Marc Collins convidam 7 vozes femininas a interpretar temas que fizeram o furor no chamado movimento New Wave dos finais de 70 e principios de 80.

O jogo de palavras sugerido pelo titulo de trabalho: Nouvelle Vague, é extremamente completo pela sua amplitude. Tradução literal do inglês New Wave, é também uma tradução livre do brasileiro Bossa Nova (como fica patente nas audições dos temas) e radica ainda no movimento Nouvelle Vague iniciado por Godard.

As vozes convidadas carregadas de frescura, pontuam os temas com doses de ingenuidade desconcertantes como na interpretação do tema “Too Drunk to Fuck” dos Dead Kennedys. As orquestrações demonstram a contemporaneidade dos temas originais. Sem as adulterar, são introduzidos samplers de bossa nova e convidam ao relaxe de um fim de tarde e à escuta atenta das letras que alguns dos originais não o faziam.

O album composto por 13 temas, consegue recriações notaveis como os temas “ A Forest” dos The Cure ou “Love will tear us apart” de Joy Division.
Deixo-vos o alinhamento do Album e o convite à audição de alguns temas:

1. "Love Will Tear Us Apart (feat. Eloisia)"
2. "Just Can’t Get Enough (feat. Eloisia)"
3. "In a Manner of Speaking (feat. Camille)"
4. "Guns of Brixton (feat. Camille)"
5. "(This Is Not a) Love Song (feat. Melanie Pain)"
6. "Too Drunk to Fuck (feat. Camille)"
7. "Marian (feat. Alex)"
8. "Making Plans for Nigel (feat. Camille)"
9. "A Forest (feat. Marina)"
10. "I Melt With You (feat. Silja)"
11. "Teenage Kicks (feat. Melanie Pain)"
12. "Psyche (feat. Sir Alice)"
13. "Friday Night, Saturday Morning (feat. Daniella D’Ambrosio)"

6 comentários:

Rui Spranger disse...

Muito obrigado pelo texto e sobretudo pelas musicas!!! Mas o guns of brixton interessa-me muito!

luis meireles disse...

muita lindo em Cd. Já ao vivo é igual a concerto mediocre de 40 minutos.
Bjs e abraços
Meireles

Rui Spranger disse...

Onde é que estiveram ao vivo, Meireles?

Rui Vieira disse...

respondendo pelo Meireles (que nao o agente, entenda-se)... estiveram no Industria recentemente

GRaNel disse...

O concerto é deveras curto (mais para quem confiou no Público, leia-se X e chegou tarde) mas valeu bem os 15€. E também estiveram no festival TMN no Dragão. Grande abraço.

Rui Vieira disse...

Olá Granel, vejo que andas a pôr a leitura em dia.
Soube que os Nouvelle Vague ja estao a preparar um novo trabalho e que uma das bandas será os The Sound... promete :)
Abraço