segunda-feira, 3 de março de 2008

Mentira Grosseira 2

Como se percebeu no anterior Mentira Grosseira, o Jorge indirectamente queixava-se por eu nao dizer mal do Rui Rio há muito tempo. Assim decidi fazer-lhe a vontade.
Com os piqueniques poéticos vamos percorrer os parques e jardins da cidade e dos arredores. Ontem estivemos no Parque de S. Roque onde está sediada a divisao municipal dos parques e jardins. Além dos sanitários estarem fechados, nao imaginam a situacao de esgoto em que se encontra o lago. Mas isto nao é a mentira grosseira, nem a critica directa ao Rui Rio que provavelmente nao sabe disto e terá coisas bem mais importantes para tratar.
É natural que quem está no poder sofra bastantes criticas e muitas infundadas, fruto da ignorancia.
Mas algumas destas critícas veem de cidadaos que se sentem afectados directamente com alguma coisa no seu dia-a-dia. As outras sao criticas políticas e muitas delas com manipulacao de informacao.
Mas a Mentira Grosseira tem a haver com o Horto das Virtudes, o meu jardim preferido, que se encontra fechado há anos. Fechado! Pura e simplesmente fechado!
Mas a versao camarária nao é essa, é :"está encerrado para obras".
Obras? Mas que obras? Onde estao os trolhas? Onde está o painel indicativo do valor que está ali a ser gasto na requalificacao ou manutencao do Jardim???
Sabemos que aconteceram algumas derrocadas no passado e estará encerrado por motivos de seguranca. Esta versao eu compreendo, mas nao aceito que se mantenha neste estado eternamente. Eu sinto falta daquele jardim onde festejei dois aniversários da minha filha, onde fiz ensaios de teatro, onde me sentava a ler e a apanhar sol, onde passeava com amigos, onde disfrutava daquela vista fantástica do Douro.
Mas a critica nao vai só para Rui Rio, vai naturalmente também para a oposicao que se esqueceu igualmente do Horto das Virtudes, o meu jardim preferido!
Para acabar, resta-me o desabafo final: JÁ ESTOU FARTO DO "ENCERRADO PARA OBRAS"!

4 comentários:

Cláudia N. disse...

Eu conheci o Horto das Virtudes através de ti num dos aniversários da Luana e é um espaço fantástico, e tenho muita pena que esteja fechado, porque além de ter uma vista linda era um espaço bantaste sossegado. O grande problema é que os politicos fecham-se nos gabinetes e não conhecem realmente a cidade que governam, e os técnicos não fazem convenientemente o seu trabalho. A oposição preocupa-se com temas que por vezes não interessa a ninguém, e estão interessados em defender o próprio umbigo, por isso cabe ao cidadão comum denunciar o que se passa e tentar acordar os senhores governantes que adormecem muitas vezes nos seus gabinetes. Isto infelizmente não acontece só no porto passa-se um bocadinho por todo o país.

jorge c. disse...

Qual é a diferença entre «fechado para obras» e «por motivos de segurança» se está fechado na mesma?

«As outras sao criticas políticas e muitas delas com manipulacao de informacao.»
Devias ser político. Tens jeito. Ahahahahah!

Rui Spranger disse...

Já o meu pai dizia o mesmo, Jorge.
:)

Rui Spranger disse...

Claro que está fechado na mesma. Mas há uma ligeira diferenca entre o "decidimos fechar" e o "fechámos porque estamos a trabalhar para o reabrir"