terça-feira, 21 de março de 2006

Porque hoje é Dia Mundial da Poesia

"Escuto mas não sei
Se o que oiço é silêncio
Ou deus
Escuto sem saber se estou ouvindo
O ressoar das planícies do vazio
Ou a consciência atenta
Que nos confins do universo
Me decifra e fita
Apenas sei que caminho como quem
É olhado amado e conhecido
E por isso em cada gesto ponho Solenidade e risco"
Sophia de Mello Breyner Andresen
Com grande abraço, Fi.

1 comentário:

rodrigues76 disse...

Seja bem vinda a Sofia (a poeta e a pinguina), este poema prende-me pelo ultimo verso:
"E por isso em cada gesto ponho Solenidade e risco"
Com tudo quanto ele quer dizer...